Duas declarações dadas por participantes do “Big Brother Brasil 17” indicam, para diversos internautas, que a bailarina Gabriela Flor, concorrente ao prêmio máximo do reality show, tem sofrido preconceito - Owzado

26 de janeiro de 2017

Duas declarações dadas por participantes do “Big Brother Brasil 17” indicam, para diversos internautas, que a bailarina Gabriela Flor, concorrente ao prêmio máximo do reality show, tem sofrido preconceito

As afirmações teriam sido feitas um dia após ela ter entrado na casa.

Segundo internautas, a primeira declaração foi dada pelo promotor de eventos Antônio Rafaski, um dos gêmeos que entraram antecipadamente no BBB 17. Ao saber que Gabriela Flor é baiana, ele teria dito que ela “deve ser macumbeira”. Já a advogada Mayara Motti, que pretende indicar Gabriela Flor ao paredão, teria prometido dar uma resposta nada educado caso a bailarina iniciasse alguma discussão com ela: “se ela falar alguma coisa para mim, vou mandar ela alisar o cabelo”. Tais declarações foram apontadas e repudiadas por internautas, em especial na rede social Twitter.

Nenhum comentário: